ROSIVALDO CORDOVIL USA A TRIBUNA PARA PARABENIZAR OS IDOSOS PELO DIA INTERNACIONAL DO IDOSO E CONVIDAR A TODOS PARA SESSÃO ESPECIAL QUE ACONTECERÁ NA QUINTA-FEIRA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

Em seu pronunciamento nesta segunda-feira (02) no Plenário da Câmara Municipal de Manaus, o vereador Rosivaldo Cordovil (PODE) deu destaque para três importantes temas: o dia internacional do idoso, comemorado no dia 1º de outubro, foi um dos temas abordado pelo parlamentar, que além de parabenizar os idosos, aproveitou a ocasião para convidar toda população de Manaus para a Sessão Especial que acontecerá na próxima quinta-feira (05), às 10h no Plenário Adriano Jorge da Câmara Municipal de Manaus, propositura de sua autoria, "a mensagem que temos para esse dia, é que possamos transmitir e termos mais carinho aos nossos idosos, muitas vezes esquecidos pela sociedade e pelas famílias", ressaltou Rosivaldo.

Outro assunto abordado pelo parlamentar foi sobre a propagação do outubro Rosa, mês esse celebrado anualmente, que tem como objetivo combater o câncer de mama e estimular a participação da população no controle do câncer de mama, além de promover a conscientização sobre a doença, acesso aos serviços de diagnósticos e tratamento, "é importantes que estejamos atentos a estes recursos de informações sobre esta doença para prevenção e detecção precoce, afim de salvar vidas, disse o parlamentar.

 

Na oportunidade Rosivaldo voltou a falar sobre os transtornos que a população da Zona Norte de Manaus estão sofrendo após a implantação de tubulação de esgotos em algumas das principais vias da Cidade Nova.

"Quero aqui manifestar minha indignação com a Empresa Manaus Ambiental, e peço que ela volte para concluir os serviços que foram realizados de implantação de tubulação para esgoto na região da Avenida Timbiras, Avenida Jurunas e Baixada Fluminense, mas que infelizmente não voltaram para concluir os serviços através de recapeamentos na área afetada. Os moradores estão revoltados com essa situação vexatórias que estão passando, sendo impedidos inclusive e entrar e sair de suas residências por conta do trabalho inacabado, indignou-se Rosivaldo, falando da necessidade de cobrar da Empresa, porque segundo Ele, todo esse transtorno já vem ocorrendo em há mais de um mês na região.

Deixe uma resposta